Assistência Médica gratuita do INSS no exterior – Como funciona?

O Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM), mais conhecido como Seguro de Viagem do INSS, faz parte de um acordo entre o Ministério da Saúde e os países Portugal, Itália e Cabo Verde. Isso quer dizer que graças ao Ministério da Saúde nós brasileiros temos o direito a assistência médica totalmente gratuito nestes países, sem precisar comprovar nenhuma contribuição com a previdência para ter acesso.

Onde é válido

Há pouco tempo atrás o Brasil ainda tinha o convênio de assistência médica com a Espanha, Grécia, Argentina, Chile e Uruguai, porém foi cancelado.

Mas o Brasil ainda tem o acordo com Portugal, Itália e Cabo Verde.

Como conseguir a Assistência Médica gratuita

Antes de viajar, você precisa comparecer em algum desses endereços, que ficam nas capitais de todos os estados. É preciso levar o original e uma cópia deste documentos:

  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Passaporte
  • Comprovante de residência
  • Cópia da carta de aceite da Universidade (se for seu caso)
  • Cópia da passagem de ida e volta

Você precisa ir buscar após dois dias. O certificado é emitido de forma gratuita e possui validade de um ano com direito à renovação.

Isso quer dizer que não preciso do Seguro de Saúde Internacional convencional?

Isso é relativo. O valor médio de um seguro internacional para uma viagem de 15 dias para a Europa é de R$ 160. Este seguro inclui assistência por telefone em português, visita médica domiciliar, regresso antecipado ao Brasil por motivos médicos, bagagem extraviada e alguns outros benefícios.

♣ Veja Mais ! – Seguro de Viagem Internacional – Você sabe como funciona?

A Assistência Médica do INSS, por outro lado, só cobre despesas relacionadas a saúde e não possui indenizações quanto a problemas de bagagem, cancelamento de viagem e outros.

O convênio do INSS talvez seja interessante em caso de estudo, ou viagens muito longas, onde a contratação do seguro-assistência pode acabar saindo bem caro.

Além disso, se houver alguma conexão ou se você for viajar para qualquer outro país da Europa, é obrigatório a contratação de um seguro de saúde com cobertura de 30 mil euros. Isso é devido ao Tratado de Schengen, que exige essa cobertura ou, então, você não poderá ingressar ao país.

Originally posted 2015-09-23 12:01:07. Republished by Blog Post Promoter

Deixe um comentário