História de Machu Picchu

História de Machu Picchu : A Cidade Perdida dos Incas

Machu Picchu, que significa “Velha Montanha”, foi construída em meados do século XV pelo imperador Inca Pachacutec em um momento de expansão do império Inca.

Tupac Amaru, morto em 1572, foi o último chefe político do Império Inca. Ele era conhecido como Tahuantinsuyu, que significa o mundo dos quatro cantos. Isso quer dizer que o Império Inca era dividido em quatro partes. A cidade de Cusco, que significa “umbigo do mundo”, estava localizado no centro dessas quatro regiões e era considerada a capital inca.



História de Machu Picchu

O Império Inca durou até o ano de 1200 D.C. Durante o governo de Pachacutec o império Inca alcançou potência e chegou a expandir quase 2 milhões de km². Foi quando resolveram construir a Cidade Inca que hoje conhecemos como Machu Picchu.

Construíram pirâmides em degraus, templos, calendários solares e muitas outras construções em pedra e adobe.

Os incas também tinham o costume de domesticar animais, como a lhama e alpaca. Eles extraiam lã e usavam os animais para transporte de carga e alimento.   

Por que Machu Picchu foi construída

Machu Picchu
Machu Picchu

Os Incas não tiveram uma linguagem escrita. Então o propósito real da construção da Cidade Perdida dos Incas até hoje é um mistério.

Mas existem teorias sobre a história de Machu Picchu.

A teoria mais comum entre especialistas em história é que Machu Picchu foi construída como um retiro para o imperador e sua família. Essa teoria é bem aceita devido as tradições de adoração, especialmente a adoração ao Sol. Eles acreditavam que as construções altas te deixavam perto de deus, o Sol.

A questão de adoração acaba trazendo outra teoria para alguns estudiosos. Eles acreditam que a religião foi o que fez Pachacuti construir Machu Picchu. Isso se deve a localização privilegiada, rodeada de características religiosas naturais. Até hoje a paisagem em torno de Machu Picchu pode ser vista como “sagrada”.

Por que Machu Picchu foi abandonada

Por que Machu Picchu foi abandonada
Por que Machu Picchu foi abandonada

Os Incas habitaram Machu Picchu por um pouco mais de 100 anos. Mas até hoje não se sabe o porquê eles abandonaram a Cidade Inca.

Uma teoria se deve a guerra civil entre os irmãos Atahualpa e Huascar que acabou interrompendo o abastecimento de comida em Machu Picchu.

Outra teoria é que a Cidade Inca sofreu de uma epidemia que acabou matando todos os moradores.

Mas a única certeza é que o povo inca deixou Machu Picchu antes da invasão dos espanhóis.

Descobrimento de Machu Picchu

Descobrimento de Machu Picchu
Descobrimento de Machu Picchu

Macchu Picchu ficou esquecida por 400 anos. Foi em apenas 1911 que o explorador americano Hiram Bingham descobriu a Cidade Perdida dos Incas, e o mundo passou a conhecer a história de Machu Picchu. Com a ajuda da Universidade de Yale, da National Geographic e do governo peruano, Bingham iniciou os trabalhos de escavação de 1912 a 1915, já que na época a vegetação espessa cobria grande parte das construções incas.

Desde então, Machu Picchu se tornou o destino favorito no Peru. Foi declarada como Patrimônio Cultura da Humanidade pela UNESCO. Além disso, Machu Picchu faz parte das Sete Maravilhas do Mundo.

»» Machu Picchu : Planejamento de viagem

»» Seguro de Viagem Internacional – Você sabe como funciona?

»» Como tirar passaporte ?

Roteiro de Mochilão na América do Sul

Mochilão na América do Sul : Dicas de roteiro

Após as aventuras na Europa, chegou a hora de me aventurar em um Mochilão na América do Sul. O objetivo é em apenas 15 dias conhecer um pedacinho de 5 países: Paraguai, Argentina, Uruguai, Chile e .. Brasil.

Foz do Iguaçu, Ciudad del Leste, Buenos Aires, Montevidéu, Punta del Este, Mendoza e Santiago. Esse vai ser o roteiro durante o Mochilão na América do Sul. O tempo é curto, mas é o suficiente pra conhecer o melhor de cada lugar.



Mochilão na América do Sul : Roteiro

Foz do Iguaçu

O roteiro vai começar conhecendo as Cataratas do Iguaçu, por 3 noites. Pra aproveitar o embalo, no primeiro dia vou dar um pulinho na Ciudad del Este, no Paraguai. O segundo dia estará por conta das Cataratas brasileiras, e no terceiro dia será a vez do lado argentino.

»» Reserve aqui seu Hotel em Foz do Iguaçu

Buenos Aires

O próximo check-in do roteiro do Mochilão na América do Sul será em Buenos Aires, por 2 noites. O objetivo aqui é aprender a dançar tango, ou pelo menos pagar mico tentando.

»» Reserve aqui seu Hotel em Buenos Aires

Montevidéu

Em Montevidéu ficarei por 2 noites. A opção mais barata para ir até lá a partir de Buenos Aires é através de barco. As empresas que oferecem isso são Buquebus, Colonia Express, Seacat Colonya e Cacciola. Uma dica pra deixar seu trajeto ainda mais em conta é comprar a ida de uma empresa e a volta de outra, caso o preço compense.

»» Reserve aqui seu Hotel em Montevidéu

Punta Del Este

Em Punta del Este também fico por 2 noites. A opção mais barata para chegar lá a partir de Montevideo é através do ônibus metropolitano, que sai da rodoviária de Montevideo direto para Punta del Este. Cidade litorânea, o objetivo aqui é relaxar na orla de uma das praias que a cidade oferece.

»» Reserve aqui seu Hotel em Punta Del Este

Mendoza

Em Mendoza fico por 2 noites. Confesso que esse é um dos passeios mais esperados por mim. É aqui que faço o primeiro passeio para a Cordilheira dos Andes. Esse passeio é conhecido como Alto Montaña que proporciona vistas maravilhosas do pico mais alto de toda a Cordilheira, o Cerro Aconcágua.

»» Reserve aqui seu Hotel em Mendoza

Santiago

No meu último destino no meu Mochilão pela América do Sul vou ficar por 4 noites. Confesso que é o destino mais esperado. Vou dividir os dias em: Centro Histórico, Cajon del Maipo e Vinã del Mar com Valparaiso.

O tour Cajon del Maipo é o segundo passeio mais esperado por mim. O Cajón del Maipo está localizado a 100km de distância de Santiago, aos pés da Cordilheira dos Andes. Os principais pontos de interesse são as piscinas naturais de águas termais (Banõs Colina e Baños Morales) e o Embalse El Yeso.

»» Reserve aqui seu Hotel em Santiago

Viña del Mar e Valparaiso são cidades litorâneas mais famosas do Chile. Essas cidadezinhas que ficam uma do lado da outra são banhadas pelo Oceano Pacífico e ficam localizadas cerca de 130km de Santiago. As duas cidades vou conhecer em apenas 1 dia.

Para fazer esses dois tours, Cajon del Maipo + Viña de Mal e Valparaiso, contatei a agência Destino Chile. A Amanda foi super atenciosa e me ajudou a decidir os passeios que gostaria de fazer, de acordo com o tempo que tenho.

Apesar de não ser um tour privado, eles oferecem a comodidade de busca no seu hotel/hostel. E além desse conforto, você ainda ganha degustação de vinho e petiscos com vista pra esse lugar aqui ó :

O passeio da Cordilheira dos Andes ficou em $55,000 (mais ou menos R$ 305.56) e Viña del Mar com Valpaiso $24,750 (mais ou menos R$ 137.50).

Vou deixar aqui os contatinhos pra você não perder essa oportunidade, tá?!

Cordilheira dos Andes com Destino Chile

Ciudad Del Este

Ciudad Del Este : O que fazer

Se você vai para Foz do Iguaçu, umas das opções de passeios é ir até a Ciudad Del Este. E isto foi a primeira coisa que fiz, logo após chegar em Foz do Iguaçu. Larguei a mochila no hostel e fui cruzar a tão famosa Ponte da Amizade. O roteiro fazia parte do meu Mochilão pela América do Sul.


Transporte

Neste dia, fiquei no Tetris Hostel que fica super bem localizado na Av. Brasil. Na esquina de cima, fica o ponto de ônibus que passa o ônibus 120. Este ônibus passa na frente da fronteira com o Paraguai. A passagem custa apenas R$ 3,45 e você paga diretamente para o motorista.

»» Veja aqui mais sobre dicas de ônibus em Foz do Iguaçu

Fronteira

Fronteira Paraguai

Entra quem quer, sai quem puder. Foi essa a impressão que tive quando estava passando pela fronteira. Não vi nenhuma fiscalização. Nenhum controle. Apenas muitos carros e muita gente entrando e saindo. Não tinha nenhuma placa sobre imigração, mas acabei achando uma salinha onde consegui meu Carimbo no Passaporte. Provavelmente o carimbo seja de registro de saído do Brasil. Mas costumo brincar que até o carimbo do Paraguai é falsificado, por vir escrito Brasil rs.

»» Seguro de Viagem Internacional – Você sabe como funciona?

Ciudad Del Este : O que fazer

Ciudad del Este é uma bagunça. Gente sem respeito, trânsito caótico, mal cheiro e shopping sem luz. Sim, fui no Shopping Paris e poucas lojas tinham luz. Até as lojas de câmbio estavam com as luzes apagadas. E parece que isso é um costume local.

A cidade possui algumas atrações, além das compras. A maioria fica localizada no Shopping Paris. Mas parece bem vazio e os ingressos custam caro. Mas é uma opção para quem quer fugir das compras e aproveitar um pouco a cidade.

Compras

Compras em Ciudad Del Este

Andando pela rua você é abordado a cada 2 passos por meninos vendendo 7 pares de meias por 10 reais. Aliás, eu não prestei muita atenção nos preços. Mas pela quantidade de brasileiros enlouquecidos nas lojas, acredito que seja bom de comprar. Pelo que percebi, os preços de malas estava valendo a pena.

Aconselho a ir para a Ciudad Del Este apenas se você for para fazer compras. Ou se tiver MUITA curiosidade, o que foi o meu caso. Eu particularmente não gostei da cidade. Talvez seja pela noite mal dormida, calor de dezembro, muita umidade, desorganização e mal cheiro. Fiquei no máximo 2 horas por ali e saí correndo de volta pra nossa terrinha.

A moeda do Paraguai é o guarani. Mas a cidade aceita o dólar e também o real.

Museu Planet 3D

Museu 3D
Museu 3D

Localizado no Shopping Paris, o Museu Planet 3D oferece uma experiência muito bacana de ilusão de ótica. O museu conta com desenhos em 3D, labirinto de espelhos, jogos interativos, realidade virtual e outras atrações.

Eu cheguei a ir até a entrada do museu, mas acabei desistindo de entrar. O lugar estava bem vazio e havia umas pessoas estranhas na porta. Eu e minha amiga resolvemos não arriscar. Uma pena, já que queria muito ver este museu. Me contem sua experiência no museu aqui nos comentários!

Crianças de 4 a 12 anos pagam 90 mil guaranis (aproximadamente 52 reais).
Maiores de 13 anos pagam 120 mil guaranis (aproximadamente 70 reais)

Horário de funcionamento do museu :

Segunda à sexta-feira, das 12h às 19h (horário do Paraguai)
Sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h (horário do Paraguai)

Valores :

Crianças de 4 a 12 anos: 90 mil guaranis (aproximadamente 52 reais)
Maiores de 13 anos: 120 mil guaranis (aproximadamente 70 reais)

Snow Park

Park Snow
Park Snow ~Foto : Snow Park

Este também fica localizado no Shopping Paris. O Snow Park possui 18 atrações que inclui patinar no gelo, brincar no tobogã de gelo, fazer bonecos de neve e brincar em iglus. Uma ótima atração super divertida para famílias !

A tempera média do parque é de -2 graus e eles oferecem roupas adequadas para os visitantes.

Fique na melhor região de Foz do Iguaçu, com conforto e pagando pouco. CLIQUE AQUI e veja as melhores opções de Hospedagem em Foz do Iguaçu.

Planeje sua viagem a Foz do Iguaçu agora mesmo. CLIQUE AQUI e compre seus tickets para as atrações em Foz do Iguaçu, e evite files.

Não dê bobeira. Viaje com segurança e tranquilidade. CLIQUE AQUI e ganhe um CUPOM DE DESCONTO para seu Seguro de Viagem.

 

viajar sem visto

10 países para viajar sem visto

Você já pensou em viajar sem visto, sem passar por toda aquela burocracia? Acho que a coisa que mais me dá agonia quando o assunto é viagem, é a questão do visto. Às vezes você consegue uns dias livres e inesperados do trabalho ao qual você poderia usar para conhecer um lugar novo. Mais daí entra o grande empecilho: o visto. Existem vistos que são mais simples e rápidos para conseguir. Mas outros, como o visto americano, pode levar um tempinho. Toda essa burocracia muitas vezes acaba cansando a beleza, não é mesmo?!



Felizmente o Brasil tem relações com 60 países do quais os brasileiros podem viajar sem visto. Isso não é ótimo? A permissão de entrada sem visto é válida por até 90 dias, sendo que esse período precisa ser dedicado ao turismo.

Para viajar sem visto, você precisará apresentar sua passagem de volta ao passar pela imigração. Alguns países ainda exigem que o turista prove que tem condições para se sustentar enquanto estiver no país, e ainda que apresente comprovante de reserva de hotel, seguro médico internacional e alguns países até mesmo pedem seu cartão de vacinas.

Antes de embarcar, é importante verificar a validade do seu passaporte. Tenha pelo menos 6 meses de validade para poder embarcar.

Países para viajar sem visto

Ainda sem a exigência do visto, há aqueles países que são mais burocráticos para entrar. Por isso, separamos algumas dicas de países para viajar sem visto. Confira só!

  1. África do Sul

A África do Sul é o país mais rico da África. Lá você se depara com um santuário de vida selvagem. Os safáris são em meio a reservas naturais. Um exemplo é visitar o Parque Nacional Kruger onde você pode fazer contato bem íntimo com os leões, rinocerontes, girafas, zebras e vários outros animais selvagens.

  1. Bahamas

Localizado no Oceano Atlântico, você poderá se deparar com maravilhosas praias com águas bem claras. Se você gosta de mergulhar, não deixe de dar uma passada na barreira dos corais onde a visibilidade da água pode ultrapassar os 50 metros.

  1. Barbados

Barbados é um país que pode agradar todo tipo de viajante. A costa leste tem praias tranquilas, luxuosos hotéis e serviços de primeira classe. Agora se você for aventureiro, uma dica é dirigir um jipe pelo interior das florestas, mergulhar nas águas cristalinas e se envolver com a cultura local.

  1. Espanha

Desvende todos os segredos da Salamanca tomando um dos melhores vinhos do mundo. A Espanha está repleta de artefatos históricos nas ruas e nos museus.

  1. França

A França é graciosa em cada parte dela. É desde a culinária, até sua parte histórica de seus museus e monumentos que atraem turistas de todo o mundo.

  1. Grécia

Se você gosta de história, a Grécia é o seu lugar. Lá você poderá visitar lugares por onde Aquiles e Heitor deixaram muita história.

  1. Israel

É um passeio bem espiritual. Você vai conhecer a cidade onde Jesus Cristo foi crucificado e onde Maomé ascendeu aos céus. Uma dia é visitar Nazaré para caminhar os passos de Jesus até o Mar Morto.

  1. Itália

Ah, a Itália! Quem não gosta de comer uma pizza ou comer aquela macarronada? Não deixe de visitar o Coliseu e fazer um pedido na Fontana di Trevi. Faça uma paradinha para ganhar uns quilinhos por se deliciar pela comida italiana. Ainda bem que você poderá viajar sem visto para Itália, assim a viajem fica ainda mais gostosa.

  1. Marrocos

Se você quer algo bem diferente, opte por visitar Marrocos. Nesse país você poderá admirar as mesquitas e se impressionar com o deserto do Saara. Mas se você for mulher, cuidado! Evite andar sozinha.

  1. Reino Unido

O Reino Unido é formado pela Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales onde você poderá viajar sem visto por todos eles. Ele é uma boa escolha para qualquer tipo de viajante. Você poderá encontrar diversos tipos de pubs, tomar um Chopp, caminhar pelas ruas que o Beatles começaram sua carreira e muito mais.

Fora esses países incríveis, veja só a lista de todos os países que poderá viajar sem visto.

viajar sem-visto
Lista de países para viajar sem visto

Gostou da dica de como viajar sem visto? Deixe seu comentário e conte para nós a sua experiência!