Machu Picchu : Planejamento de viagem

Machu Picchu é uma das 7 maravilhas do mundo. E não é por menos né?! Ela é um pedacinho que a civilização inca deixou. A cidadela foi erguida lá pelo século XV e foi abandonada após a chegada dos espanhóis ao Peru, em 1532.

Só anos depois, em 1911, que o mundo foi saber sobre a existência de Machu Picchu através dos relatos do arqueólogo americano Hiram Bingham. Com a ajuda de locais, Hiram Bingham conseguiu reconhecer, mesmo em baixo de toda aquela vegetação de 600 anos de abandono, que aquele lugar se tratava de um lugar sagrado que um dia pertenceu a civilização inca. Em 1913 a descoberta foi publicada mundialmente pela National Geographic e pode ser consultada clicando aqui. Na matéria é possível ler os relatos originais do arqueólogo com as fotos da época.

Descoberta de Machu Picchu
Primeiras fotos de Machu Picchu ~ Foto : National Geographic


Machu Picchu : Como visitar ?

Todos os dias, Machu Picchu recebe milhares de visitantes do mundo inteiro. Todos com o mesmo propósito: sentir aquela sensação mística que só Machu Picchu tem a oferecer. Não importa se você é trekkeiro ou se tem 70 anos de idade, se é sedentário ou se tá com o preparo físico afiado. A cidadela oferece opções pra ninguém ficar de fora.

Pra chegar a Machu Picchu você tem a opção de percorrer a Trilha Inca ou a Trilha Salkantay a pé. Ambas são feitas pelo alto das montanhas, através de tours que levam cerca de 4 a 5 dias. Acredito que pra fazer essa trilha é preciso, ao menos, muita disposição.

Trilha Inca
Trilha Inca ~Foto : Machu Pichu Brasil

Se você não tem toda essa disposição, ou tá com o tempo mais curto, você pode optar pra chegar até a cidadela por trem. Essa é a opção que a maioria das pessoas escolhem.

Se você optar pelo trem, você tem a opção de pegar o trem em Cusco beem cedinho e ir até Águas Calientes, que é a cidade-base de Machu Picchu. E de lá pegar o ônibus até a entrada do parque arqueológico. Ou você pode passar a noite em Águas Calientes, e de manhãzinha pegar o ônibus (ou ir a pé) até a entrada do parque.

»» Seguro de Viagem Internacional – Você sabe como funciona?

No meu caso, eu contratei um tour de 2 dias que contemplam o Vale Sagrado e Machu Picchu. O tour inclui um dia visitando o Vale Sagrado, no final do dia tem o trem até Águas Calientes onde vou passar a noite em um hostel. No outro dia tenho um tour guiado pelo parque arqueológico por 2 horas, e o resto do tempo livre para fazer trekking pela montanha e conhecer o local.

Montanhas de Huayna Picchu e Machu Picchu

Montanha Huayna Picchu
Montanha Huayna Picchu ~Foto : Inka Time Tours

Dentro do parque arqueológico existem duas opções de trekking pelas montanha Huayna Picchu (nova montanha) e na Machu Picchu (velha montanha). Não é algo obrigatório, até porque é preciso pagar a parte para fazer o trekking. Aquela imagem linda de Macchu Picchu que você vê em fotos fica no próprio parque arqueológico, não através dessas trilhas. Mas vale muito a pena fazer qualquer uma delas, se você procura por um contato a mais com a natureza e um pouquinho de emoção.

O trekking para a montanha Huyana Picchu leva por volta de 2 horas, e a de Macchu Picchu é de cerca de 4 horas. Mas compre com antecedência seu ingresso, pois há limite de 400 pessoas por dia e o ingresso costuma esgotar muito rápido.

Quando ir a Machu Picchu

É legal ir para Machu Picchu entre abril a setembro, pois é a época seca e a chance de pegar o tempo firme é maior. Porém, em julho e agosto lota de gente por ser meses de férias. Evite ir no verão, pois é a estação de chuvas e o volume de chuva pode estragar fácil sua viagem.

»» Mochilão na América do Sul: Dicas de roteiro

Onde ficar em Machu Picchu

Milhouse Hostel Cusco
Milhouse Hostel ~Foto : Booking

Cusco é a cidade base para quem vai para Machu Picchu. É de Cusco que saem os vários tours que existem na região, e até mesmo para ir para Machu Picchu. Além disso, a cidade muito rica em sitios arquelógicos.

A cidade possui hostels e hotéis para todos os gostos e bolsos. Os melhores estão ao redor da Plaza de Armas, que é o centro da cidade e onde estão localizados restaurantes, lojas, casas de câmbios e tudo o que você precisa.

Eu escolhi ficar na Milhouse Hostel, que fica na há 200 metros da Plaza de Armas. O hostel oferece WiFi gratuito, tem 2 pátios e um barzinho pra relaxar. Além disso, tem café da manhã free que parece ser bem simpático que inclui frutas, pães e sucos. O Milhouse Hostel Cusco fica a 2 km da Estação de Cusco e a 8 km do Aeroporto Velasco Astete.

Tours

Eu gostei tanto do meu atendimento pela Milhouse Hostel, que estou cotando meus tours tudo com eles. Além do preço ser metade do preço de outros lugares que pesquisei, o atendimento é ótimo. Eu ainda nem fui viajar e já tenho tudo pronto.

Fechei com eles um dia na Montanha 7 Cores e um tour do Vale Sagrado com Machu Picchu, que comentei ali em cima. O bom de fechar o tour é que você não precisa se preocupar com nada. Ingresso, trem, hostel, idas e vindas tudo por conta deles. E o preço ?! Compensa !

Quer saber mais sobre as opções de tours? Clique aqui !

Curiosidades de Machu Picchu

5 Curiosidades de Machu Picchu

A Cidade Perdida dos Incas, como é conhecida Machu Picchu, é o símbolo da civilização Inca. E hoje é a principal atração turística do Peru.

Conhecer Machu Picchu é algo indescritível. Você entra de cabeça na história da civilização inca que é tão mística e rica espiritualmente.



Infelizmente, hoje em dia nós só podemos visitar 30% da Cidade Perdida dos Incas. Isso porque o tempo deteriorou muita coisa. E cada vez mais a visita a Machu Picchu tem colocado barreiras para evitar a deterioração do local.

Desde o ano passado, o governo colocou algumas regras mais rígidas para a visitação. Hoje em dia, os visitantes são divididos em grupos da manhã e da tarde. Além disso, a entrada é apenas permitida com guias.

Curiosidades de Machu Picchu

Descobrimento de Machu Picchu
Descobrimento de Machu Picchu

Durante a visitação a Machu Picchu, você vai ouvir muitas histórias da civilização inca. Eu até contei um pouquinho da história da Cidade Perdida aqui. Mas para completar mais um pouquinho seu aprendizado sobre esse povo tão rico, vou deixar aqui algumas curiosidades de Machu Picchu.

Descoberta de Machu Picchu

Tem quem fale que Machu Picchu foi descoberto pelos espanhóis. Mas na realidade, Machu Picchu foi despovoada pelos Incas muito antes da invasão dos espanhóis. Ela ficou “desaparecida” durante 400 anos, até que o arqueólogo Hiram Bingham descobriu a Cidade Perdida dos Incas em 1911.

Localização

Existem teorias que acreditam que os Incas escolheram aquele local para construir Machu Picchu porque eles acreditavam que as montanhas e o povo que viviam ali eram sagrados e porque a altitude era um ótimo lugar para seus estudos astronômicos.

Construções

As construções são incríveis. Os Incas fizeram as construções de Machu Picchu resistentes a terremotos. Utilizaram pedras e colocaram um grau de inclinação para que elas ficassem tão resistentes.

Pedras

Os incas acreditavam que as pedras possuíam energias especiais. Foi por isso que eles escolheram construir Machu Picchu com pedras.

Dinheiro

Os povos incas não tinham dinheiro. Eles pagavam impostos por meio do trabalho e se aposentavam com volta dos 50 anos. O governo era responsável for fornecer alimentação ao povo.

»» Machu Picchu : Planejamento de viagem

»» Seguro de Viagem Internacional – Você sabe como funciona?

»» Como tirar passaporte ?

[enjoyinstagram_mb] -> Carousel View

História de Machu Picchu

História de Machu Picchu : A Cidade Perdida dos Incas

Machu Picchu, que significa “Velha Montanha”, foi construída em meados do século XV pelo imperador Inca Pachacutec em um momento de expansão do império Inca.

Tupac Amaru, morto em 1572, foi o último chefe político do Império Inca. Ele era conhecido como Tahuantinsuyu, que significa o mundo dos quatro cantos. Isso quer dizer que o Império Inca era dividido em quatro partes. A cidade de Cusco, que significa “umbigo do mundo”, estava localizado no centro dessas quatro regiões e era considerada a capital inca.



História de Machu Picchu

O Império Inca durou até o ano de 1200 D.C. Durante o governo de Pachacutec o império Inca alcançou potência e chegou a expandir quase 2 milhões de km². Foi quando resolveram construir a Cidade Inca que hoje conhecemos como Machu Picchu.

Construíram pirâmides em degraus, templos, calendários solares e muitas outras construções em pedra e adobe.

Os incas também tinham o costume de domesticar animais, como a lhama e alpaca. Eles extraiam lã e usavam os animais para transporte de carga e alimento.   

Por que Machu Picchu foi construída

Machu Picchu
Machu Picchu

Os Incas não tiveram uma linguagem escrita. Então o propósito real da construção da Cidade Perdida dos Incas até hoje é um mistério.

Mas existem teorias sobre a história de Machu Picchu.

A teoria mais comum entre especialistas em história é que Machu Picchu foi construída como um retiro para o imperador e sua família. Essa teoria é bem aceita devido as tradições de adoração, especialmente a adoração ao Sol. Eles acreditavam que as construções altas te deixavam perto de deus, o Sol.

A questão de adoração acaba trazendo outra teoria para alguns estudiosos. Eles acreditam que a religião foi o que fez Pachacuti construir Machu Picchu. Isso se deve a localização privilegiada, rodeada de características religiosas naturais. Até hoje a paisagem em torno de Machu Picchu pode ser vista como “sagrada”.

Por que Machu Picchu foi abandonada

Por que Machu Picchu foi abandonada
Por que Machu Picchu foi abandonada

Os Incas habitaram Machu Picchu por um pouco mais de 100 anos. Mas até hoje não se sabe o porquê eles abandonaram a Cidade Inca.

Uma teoria se deve a guerra civil entre os irmãos Atahualpa e Huascar que acabou interrompendo o abastecimento de comida em Machu Picchu.

Outra teoria é que a Cidade Inca sofreu de uma epidemia que acabou matando todos os moradores.

Mas a única certeza é que o povo inca deixou Machu Picchu antes da invasão dos espanhóis.

Descobrimento de Machu Picchu

Descobrimento de Machu Picchu
Descobrimento de Machu Picchu

Macchu Picchu ficou esquecida por 400 anos. Foi em apenas 1911 que o explorador americano Hiram Bingham descobriu a Cidade Perdida dos Incas, e o mundo passou a conhecer a história de Machu Picchu. Com a ajuda da Universidade de Yale, da National Geographic e do governo peruano, Bingham iniciou os trabalhos de escavação de 1912 a 1915, já que na época a vegetação espessa cobria grande parte das construções incas.

Desde então, Machu Picchu se tornou o destino favorito no Peru. Foi declarada como Patrimônio Cultura da Humanidade pela UNESCO. Além disso, Machu Picchu faz parte das Sete Maravilhas do Mundo.

»» Machu Picchu : Planejamento de viagem

»» Seguro de Viagem Internacional – Você sabe como funciona?

»» Como tirar passaporte ?