Estudar no Exterior – Graduação e pós-graduação de graça na Europa

Hello Viajantes!

Estudar no exterior é o tema mais procurado nas agências de intercâmbio pelos brasileiros. Porém, os altos custos em relação ao curso e despesas extras acaba levando a desistência. Principalmente quando se trata de um curso de graduação e pós-graduação. Nos EUA o custo médio entre o curso de graduação e custo de vida é de US$ 65 mil por ano.

Já pensou estudar no exterior de graça?

Uma boa alternativa para estudar no exterior é procurar destinos alternativos. Alguns países da Europa oferecem cursos de graduação e pós-graduação gratuitos, ou quase.

Alemanha

Na Alemanha existem várias universidades públicas de renome internacional, e algumas delas são financiadas pelo governo. Se você não sabe nada da língua alemã, não se preocupe. Não é necessário saber falar alemão para estudar no país. O país oferece cerca de 900 cursos de graduação e pós-graduação que são ministrados em inglês. As opções de cursos são bastante abrangentes, que vão de engenharia a ciências sociais.

Suécia

Existem 35 universidades espalhadas pela Suécia que oferecem mais de 900 cursos ministrados em inglês. É preciso pagar somente uma taxa da matrícula para ingressar nos cursos. Para doutorado, os estudantes estão isentos da taxa de matricula.

Finlândia

A Finlândia oferece também vários programas universitários ministrados em inglês. O país não cobra taxas de matrículas e nem de mensalidade para cursos de graduação e pós-graduação. Porém, o governo finlandês exige que estudantes internacionais tenha condições para arcar com despesas pessoais. A Finlândia financia a educação, mas despesas de hospedagem e alimentação são por conta do aluno.

França

Os cursos de graduação ministrados em inglês da França são geralmente oferecidos por universidades particulares, assim o curso é muito alto. Mas existem cursos para pós-graduação que são mais acessíveis. Você pode conferir uma lista destes cursos disponíveis no país através do site Study Portals. Existe ainda a possibilidade de realizar um curso em francês em uma universidade pública, tendo o estudante que desembolsar uma pequena mensalidade – cerca de 200 dólares por mês.

Noruega

A Noruega possui um ensino superior diferenciado. Eles possuem um sistema que prioriza menores turmas, facilitando o aprendizado. O país oferece cursos ministrados em inglês, e não cobram taxas de estudantes estrangeiros. Vale lembrar que a Noruega possui um curso de vida muito alto, um dos maiores do mundo. O inverno norueguês também é muito rigoroso. Portanto, é melhor se preparar para enfrentar um clima bem diferente do brasileiro.

Eslovênia

O país oferece cerca de 150 programas que são totalmente em inglês. Além disso, estudantes internacionais pagam apenas uma taxa de matrícula simbólica.

Estudar no exterior pode não ser tão caro assim. Pesquise, analise e escolhe a melhor opção para você.

Originally posted 2015-09-30 10:28:15. Republished by Blog Post Promoter

COMMENTS

Deixe um comentário