Mochilão em Paris

Meu mochilão em Paris começou com um tradicional café da manhã pariense. O café da manhã no Generator hostel foi uma delícia. Tinha pelo menos 3 opções de pães, café, suco e tudo mais. Estava tudo perfeito até que, quando terminei meu café, adivinhe?! Começou a chover !

Mochilão em Paris

Paris está chovendo. E agora ? Até esperei um pouco, mas tinha hora agendada com a Dona Monalisa. E meu maior objetivo do meu mochilão em Paris era tirar um self com ela. Tipo, só eu e ela. Exclusiva. Não eu, ela e todos os turistas de Paris. Sorte a minha que segui conselho de mãe e coloquei uma sombrinha na mala – mães nunca falham. Como diz o ditado ‘se tá na chuva, é pra se molhar’, e fui atrás da Mona.

»» Como ir a Paris através do Ferry

Como eu tava atrasada, e com o pé arrebentado, decidi não arriscar e fui de metro. Aí que veio meu primeiro desafio: pedir informação em francês. Mas ai que tá, a única coisa que sei em francês é Bonjour. E olhe lá!

Então o que você faz quando só tem um francês no metro, você está atrasada pra ver a Mona e tá super perdida pra que direção seguir? Use a língua universal: mimica!

Sim, mimica. De um lado o cara falando em francês usando as mãos, de outro eu falando em inglês também usando as mãos. E não é que deu certo? E no final ele ainda falou algo do tipo : ‘brazilian?’, respondi que sim, demos risadas e cada um seguiu seu rumo. E eu fui em direção ao Museu do Louvre.

Self com Monalisa

Descendo da estação, dei de cara com o Museu do Louvre. Lindo, gigante e majestoso. E a chuva tinha piorado. Eu cheguei às 8:30, e o museu abria só às 9 horas. Mesmo assim decidi seguir para a fila. Rapidamente a fila foi só aumentando. E a chuva também. As pessoas começaram a resmungar porque o pessoal que estava organizando a fila não sabia se a fila era de um lado, ou de outro. No final liberou tudo e todo mundo entrou no empurra empurra.

Eu já havia estudado o mapa do museu várias vezes. Já sabia o que visitar, e principalmente como achar a Dona Monalisa. Fui correndo igual louca desesperada (mas com classe, ou não) até lá. Com direito a paradinhas rápidas pra alguns cliques, e continuava a jornada pra chegar até o quadro mais famoso da história.

E enfim, cheguei. Lá estava ela, Monalisa em seu quadro toda linda e triunfante. O quadro é bem menor do que todos imaginam, e com cores mais fortes e vibrantes. Sim, consegui minha self com a Mona 😀

Museu do Louvre - Self com a Mona
Mochilão em Paris – Self com a Mona

Havia poucas pessoas na sala, não passavam de 10. Ai tirei várias selfs só pra garantir né. Meia hora depois, pra variar eu tava perdida e acabei passando por ali de novo. A sala já tava brotando gente do chão!

Rolê pelas ruas de Paris

Depois de quase 3 horas perdida dentro do museu, fui em dar um rolê pelas ruas de Paris. Passei pela Ponte das Artes, onde fica cheio de cadeadinhos. E então, fui para a Catedral de Notre Dame. Estava lotade de gente, então resolvi nem entrar.

Estava cedo ainda, e então decidi ir ver a Torre Eiffel. Eu já tinha comprado o ingresso antecipado pela internet, mas estava agendado para 16h30m. Passei por toda aquela file e segurança, e tudo mais. Mas quando entrei na fila pra subir na Torre Eiffel, não me deixaram. Isso o porque ainda era 13hr da tarde. Que jacuzona né?!

Voltei pro metro e parti em direção a Sacre-Coeur. Morri de procurar pato com laranja. Como eu já tava verde de fome, almocei em frente ao monumento. Um prato + taça de vinho ficou em 15 euros.

»» Mochilão na Europa : Roteiro e agência de viagem

Depois de tirar fotinhos e adquirir várias lembrancinhas fofas ali por perto, parti em direção ao Arco do Triunfo. Gente, aquela rua que cerca do Arco do Triunfo é uma loucura! E mais loucura ainda é atravessar essa rua pra chegar perto do Arco. Mas, vale muito a pena!

Bem em frente do Arco do Triunfo, fica uma das ruas mas chique do mundo : Champs Élysées. Essa rua tem centenas de boutiques, carros de luxos com precinhos ‘bacanas’ pra dar uma volta, cafés e restaurantes. A rua é bem bonita e extremamente movimentada de turistas.

Enfim, Torre Eiffel

Enfim, parti ao encontro da Torre Eiffel. Após enfrentar de novo fila da segurança e fila pra pegar o elevador, consegui embarcar no elevador pra subir na torre mais famosinha. Eu MORRO de medo de altura, mas fiz questão de achar um canto meio apertada na janela pra poder ver a vista enquanto subia. Aquele gelo tomou conta da minha barriga, enquanto o medo, ansiedade e a vontade de chorrar de felicidade brigavam entre si. A subida é rápida, e logo pude ver Paris lá de cima. E aquela ficha caiu: Eu tô na Torre Eiffel .. em Pariiis !! kk

Torre Eiffel em Paris
Vista através da Torre Eiffel

Meu mochilão em Paris terminou na Torre Eiffel. A vista lá de cima é imperdível. Tem aquela sensação de vitória, que recomendo para qualquer viajante. Fiz meu mochilão em Paris praticamente sozinha – fui com a TopDeck mas explorei a cidade sozinha.

Conclusão do meu Mochilão em Paris

Vi monumentos lindos, quadros históricos, me chateei pela situação tão triste dos refugiados, falei em mimica, me diverti sozinha. Descobri Paris e me auto descobri.

Com o pé arregaçado, costa quebrada e olheira do Tio Chico. Mas com o sorriso no rosto, porque a maior recompensa é você vivenciar um sonho. E fica aqui, um gostinho de quero mais de Paris.

Deixe um comentário