Rota de Fuga : Serra Negra !

O mês de Janeiro não tem colaborado tanto. Tem sido chuva atrás de chuva, e até mesmo rolou um friozinho. Isso é ótimo para o nosso meio ambiente, mas pode acabar atrapalhando um pouco os planos de viagem. Tive que alterar a opção praia, para o campo. Mas confesso que fugir do urbano para o rural foi uma ótima ideia.

Dessa vez o cenário foi Serra Negra. Meu namorado e eu tínhamos muito a comemorar, afinal estávamos fazendo 1 aninho de namoro. Ebaa!

História de Serra Negra

Serra Negra fica localizado no interiorzão do estado de São Paulo. Ela foi fundada em 23 de setembro de 1828. E foi em 1880 que as famílias italianas imigraram para trabalhar nas lavouras de café. Isso explica a forte cultura italiana na região.

Hospedagem

Nós ficamos hospedados no Serra Negra Hotel Fazenda. Localizado a cerca de 6 Km da cidade de Serra Negra, isso se você não se perder como nós fizemos. A gente não fez reserva, decidimos simplesmente ir e arriscar. E deu certo! Infelizmente não conseguimos pegar um quarto com varanda, mas mesmo assim o quarto era bem confortável. Tinha uma cama de casal, uma de solteiro, ventilador de teto, TV, mini freezer e um banheiro.

Hotel Fazenda no Interior de SP
Serra Negra Hotel Fazenda

O Hotel Fazenda ainda conta com 2 lagos enormes para pesca esportiva. Devo confessar que é muito difícil pescar nesses lagos. Além disso, tem uma mini fazendinha, piscina com toboágua e passeio de cavalo.

Pesca em Serra Negra
Lago de pesca no Serra Negra Hotel Fazenda

Pesca em Serra Negra
Lagos de pesca em Serra Negra

No domingo ainda fomos passear de ônibus, parecido com aquele ônibus amarelo americano. O passeio nos levou até o Museu do Café. Lá podemos apreciar um pouco sobre a história da imigração italiana na região, aprendemos um pouco sobre o café e ainda tivemos a oportunidade de se deliciar por um café feitinho da hora e ainda comprar presentinhos para levar para casa.

Serra Negra passeio rural
Serra Negra Museu do Café

A época para colheita do café é entre Maio a Setembro. Época onde as regiões montanhosas de Serra Negra que abrigam os cafezais mudam de verde para tonalidades escuras. Por isso, o nome de Serra Negra.

O que fazer em Serra Negra

A cidade de Serra Negra oferece também alguns entretenimentos. No centro, você pode encontrar diversos restaurantes para todas as preferências. Nossa escolha foi o Café Boteco, localizada ao redor da praça. A média de um prato por pessoa é de R$ 30 reais. Pedimos um prato de Filé Mignon, que vinha com batata frita e arroz mexido. Vale a pena!

Restaurante em Serra Negra
Café Boteco em Serra Negra

Veja só outras opções de lazer em Serra Negra.

→ Teleférico

O passeio tem 1.400 metros de extensão e dura 15 minutos. O ponto final é o Pico do Fonseca, a mais de mil metros de altitude e que abriga a estátua do Cristo Redentor, de 18 metros de altura. Um mirante aos pés da imagem descortina vista panorâmica da região.

→ Passear de Trenzinho

O passeio “Trenzinho Turístico Maria Fumaça e Tia Linda” dura 50 minutos e percorre oito quilômetros pelas ruas da cidade, observando as igrejas de Nossa Senhora do Rosário e de São Francisco de Assis, além da colorida fachada da Disneylândia dos Robôs. O trenzinho faz uma parada na Fonte Santo Agostinho e Santa Luzia. O passeio acontece nos finais de semana, das 8h30 às 17h30, com saídas a cada 10 minutos. Nas férias escolares as saídas são diárias.

→ Disneylândia dos Robôs

Do lado de fora, o que se vê é um colorido e curioso castelinho. Lá dentro, a sensação é de estar dentro da oficina do Professor Pardal! No caso, na oficina de Pedrinho Tomé, o criador de um amontoado de engenhocas engraçadas e barulhentas, montadas com restos de eletrodomésticos e engrenagens. Alguns robôs e brinquedos são interativos, mas você não vai conseguir fazer muito mais do que acender uma luz ou outra. Preste atenção nas colagens das paredes: recortes de revistas e jornais com matérias e fotos bizarras, notícias antigas e fofocas de celebridades garantem pelo menos uma hora de diversão.

→ Parques e Fontes

Parque e Represa Dr. Jovino Silveira: por lá, a ampla área verde reúne quiosques para piqueniques, viveiro de pássaros, lanchonete, playground e a fonte Nossa Senhora de Lourdes. Acesso pela Rodovia Serra Negra x Amparo, Km 146.

Parque Fonte Santo Agostinho: o bosque de vegetação nativa abriga as fontes Santo Agostinho e Santa Luzia, além de lago e playground. Pode ser visitado por meio de trenzinhos que saem da Praça João Pessoa.

Lago dos Macaquinhos: o espaço reúne área para piqueniques, pesqueiro, aluguel de cavalos, pedalinhos, piscinas, playground, chalés e uma ilha no meio do lago com criação de macaquinhos. Acesso pela Rodovia Serra Negra x Amparo, a 6 Km do Centro.

→ Compras

A Rua Coronel Penteado é o grande centro de compras da cidade, com lojas que vendem de casacos de couro sob medida a doces caseiros. É a rua mais famosa de Serra Negra, começando na Praça Sesquicentenário – de onde parte o teleférico até o Cristo – e cruzando a cidade com um grande número de galerias e lojas que vendem utensílios domésticos, malhas, bijuterias, roupas de couro e doces.

Entre uma travessa e outra, aproveite para fazer um lanche nos cafés e experimentar os queijos da Quero Queijo – são 50 tipos de queijos como meia-cura, coalho, requeijão de corte e frescal. Também fazem sucesso os variados queijos produzidos na Fazenda Sítio Chapadão, na estrada para Itapira, a quatro quilômetros do Centro.

Originally posted 2016-01-28 19:23:25. Republished by Blog Post Promoter

Deixe um comentário