Atitudes que dificultam aprender inglês no intercâmbio

Atitudes que atrapalham o aprendizado do inglês no intercâmbio

Você sabia que existem várias atitudes que podem atrapalhar seu aprendizado do inglês no intercâmbio? Talvez você até conheça, ou já ouviu falar, alguém que estudou no exterior por meses – ou até mesmo anos – e ainda tem aquele inglês arranhado. Isso pode mesmo acontecer. No intercâmbio, muitos estudantes persistem em falar em português para se comunicar com colegas e não levam muito a sério o estudo, tirando totalmente o foco do aprendizado de um novo idioma.



Inglês no Intercâmbio – Atitudes que atrapalham

Limitar o estudo à sala de aula

O desenvolvimento das habilidades de comunicação é gradual, porém é inválido se estiver limitado ao tempo com o professor na sala de aula. Se das 24 horas de um dia, apenas 3 horas forem dedicadas ao idioma, o processo de aprendizagem será muito lento. Isso sem falar dos finais de semana. O contato com o outro idioma durante o intercâmbio deve ser continuo e intenso.

♣ Quanto tempo é preciso para aprender inglês ?

Falar em português

Eu morei com 4 brasileiros e 1 argentina durante meu intercâmbio nos EUA. Comunicar em português dentro do apartamento, ou sempre que nos encontrávamos, era inevitável. Por isso, procurei fazer amizades com os americanos no trabalho, e com isso sempre os chamava para festas no apartamento ou para sair num barzinho ou balada. Isso nos forçava sempre a falar inglês.

Duvidar da própria capacidade

Cada intercambista tem uma habilidade diferente no outro idioma. Alguns tem maior facilidade na fala, outros na escrita. No intercâmbio, cometer erros é essencial para o aprendizado. Por isso, não se intimide ou ache que não é capaz de aprender. Com esforço todos nós aprendemos.

♣ TOEFL e IELTS – Qual é a diferença e qual escolher ?

Não estar aberto ao novo

Ir para o exterior e manter a mente no Brasil. Isso é algo muito comum com intercambistas que sentem dificuldade a se adaptar a uma nova cultura, e procuram ao máximo se manter conectado com o Brasil. Diferenciar as experiências e fazer novas amizades é algo diferencial para sua experiência no exterior. Além de poder fazer amigos para a vida toda, seu processo de aprendizado irá aumentar.

Achar que no intercâmbio o aprendizado acontece naturalmente

Tenho uma amiga mexicana que mora na Califórnia há mais de 20 anos, e ela meramente sabe o inglês básico. Isso porque para aprender um novo idioma você precisa se dedicar, errar e persistir. Frequentar as aulas, estudar em casa e se aprofundar na cultura local é o que irá facilitar seu aprendizado.

Créditos a Catraca Livre e Commons Wikipedia

Aprender Inglês

Inglês – Quanto tempo é preciso para aprender ?

Atualmente, com o mercado de trabalho competitivo, falar um segundo idioma (de preferência o inglês) é praticamente uma obrigação.

E aprender um novo idioma depois de adulto é uma tarefa que exige muito mais esforço do que durante a infância. As crianças ficam expostas até os 5 anos de idade ouvindo e reproduzindo aquilo que falamos, e é assim que aprendem as palavras que dirão pelo o resto de suas vidas.



Quanto tempo um adulto demora para aprender inglês?

Se o adulto estiver começando do zero e não tiver nenhum conhecimento prévio, o tempo estimado é de 400 a 500 horas para que ele consiga estabelecer conversas e entender o que está ouvindo. Ou seja, serão 500 horas para conseguir desempenhar funções básicas de conversação. Para quem está procurando um nível básico de inglês, já pode ter essa base de tempo para aprendizado.

Para se conseguir um inglês mais fluente, é preciso um pouco mais de tempo. Segundo o Prof. Michael Jacobs, para aprender inglês é preciso 1200 horas de estudo. Isso não depende de inteligência ou aptidões especiais, basta a pessoa querer!

Então se você estudar 3 horas semanais, divindindo em 2 dias de 1 hora e meia cada, teremos?

1.200/3 = 400

Isso quer dizer que você precisará de 400 semanas de estudo para aprender inglês, o que da no total de aproximadamente 8 anos!

Muito tempo né?

Você pode aumentar as horas de estudo semanal: ouvindo música, rádio, filmes, lendo livros, conversando. Mais faça cada coisa com muita atenção, ou não vai adiantar nada! Como dizem, “No pain No Gain” certo?

Então se você estudar 2 horas por dia, teremos?

1200/2 = 600

Então daria o total de 600 dias, menos de 2 anos ! Agora melhorou né?

Veja também Salão do Estudante – Feira de Intercâmbio e Cursos no Exterior

Não existe um curso milagroso e nem fluência em pouco tempo. É preciso esforço e dedicação para conseguir chegar no seu objetivo. E isso só depende de você!